Administração Municipal propõe ação judicial contra ex-prefeito Perugini

Por: ASCOM
09/08/2018
A Procuradoria do Município propôs Ação de Improbidade Administrativa contra o ex-prefeito municipal, Agnaldo Perugini, o ex-secretário de obras, Mauro Augusto Lopes Couto, e as empresas Cone PP Consultoria e Colymar Engenharia, com o objetivo de responsabiliza-los pela insatisfatória obra realizada na Galeria Primavera (para vazão das águas na Rua Comendador José Garcia), cujo prejuízo se estima em R$2.500.000,00 (Dois milhões e quinhentos mil reais).
 
Realizada em meados de 2015, com a promessa de evitar enchentes na região, a obra se mostrou absolutamente ineficaz, visto que no período chuvoso persistem, como antes, os alagamentos no local, prejudicando comerciantes, moradores, pedestres e motoristas.
 
Atendendo à população, que justificadamente se revolta com o caso, a atual Administração Municipal propôs ação judicial visando recuperar o valor gasto na projeção e execução do serviço. Também é pedida a indenização por danos morais coletivos às autoridades que permitiram a realização da obra e nada fizeram quando ela se mostrou ineficaz, bem como às empresas que a projetaram e executaram o serviço.
 
O processo – nº 5003809-23.2018.8.13.0525 – tramita na 4ª Vara Cível da Comarca de Pouso Alegre.


Para manutenção de iluminação pública ligue:

0800 031 1514

Pesquisar

Prefeitura no Facebook


Siga a Prefeitura

Leia nossas últimas notícias qualquer uma dessas
redes sociais.

Receba as últimas
notícias diariamente!

Iremos enviar as últimas notícias direto no seu e-mail.


Gestão 2017 - 2020 © COPYRIGHT 2018, Prefeitura Municipal de Pouso Alegre - Rua Carijós, 45 - Centro - CEP: 37550-050