Reunião de secretários de saúde repercute descaso do Governo com municípios

Por: ASCOM
04/08/2017

O Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais - COSEMS reuniu prefeitos e gestores de saúde dos municípios que compõem a Regional para discutir assuntos inerentes às suas atividades. O encontro aconteceu na tarde de terça-feira (01) no plenarinho da Câmara Municipal e contou com a presença de autoridades, entre estas o prefeito Rafael Simões e outros de cidades vizinhas, gestores de Saúde e a secretária municipal de Saúde de Pouso Alegre, Silvia Regina Pereira da Silva. Também estiveram presentes o presidente do COSEMS Eduardo Luis da Silva e o presidente do CONASEMS Mauro Junqueira.


A abertura dos trabalhos foi feita pela representante dos secretários municipais junto ao Conselho, Silvia Regina, que fez uma saudação aos presentes e agradeceu a participação. Em seguida ela convidou o prefeito Rafael Simões para fazer um breve relato sobre a saúde no município.


Após saudar os representantes do Conselho Estadual e Federal de Secretários de Saúde, o prefeito de Pouso Alegre aproveitou a oportunidade para fazer um desabafo e cobrar ações dos governos federal e estadual que resultem na prestação de serviços de saúde eficientes, com qualidade no atendimento. O prefeito foi enfático ao cobrar os repasses do SUS para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, que estão há meses atrasados e já somam mais de R$ 10 milhões em ordens de serviços prestados.
“Queremos que o Governo do Estado faça a sua obrigação”, bradou Rafael Simões em meio aos aplausos dos presentes, ao exigir que o governador Fernando Pimentel não discrimine o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, que atende a 123 municípios do Sul de Minas. Ao Governo Federal, lembrou que é preciso cumprir os dispositivos constitucionais do SUS na garantia do direito social de acesso à saúde. Rafael encerrou conclamando os dirigentes dos municípios e os gestores de saúde presentes a se unirem e “dizer não a essas irregularidades que estão aí”.


Por sua vez o presidente do Conselho Estadual de Secretários de Saúde Eduardo Luis apoiou incondicionalmente as palavras do prefeito Rafael Simões. Ele também criticou o Governo do Estado que disse “ser mais fácil contingenciar as verbas da Saúde, e isso infelizmente está sendo feito”, segundo o secretário.


Também o presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, Mauro Junqueira, apoiou as críticas formuladas pelos oradores que o antecederam.


Não foi diferente o prefeito de Itajubá Rodrigo Riera. Suas palavras também encerraram críticas às políticas de Saúde mantidas pelos governos do Estado e Federal para com os municípios.


Após discutir as dificuldades e desafios da Saúde em seus municípios, os secretários e gestores formalizaram propostas e moções que, após avaliadas, serão encaminhadas para pauta das reuniões estaduais do COSEMS.

 



Pesquisar

Prefeitura no Facebook


Siga a Prefeitura

Leia nossas últimas notícias qualquer uma dessas
redes sociais.

Receba as últimas
notícias diariamente!

Iremos enviar as últimas notícias direto no seu e-mail.


Gestão 2017 - 2020 © COPYRIGHT 2017, Prefeitura Municipal de Pouso Alegre - Rua Carijós, 45 - Centro - CEP: 37550-050